Notícias

NOTÍCIAS

Estudo revela que a refrigeração nao prejudica os beneficios do colostro

11/10/2012

Estudo  revela que a refrigeração nao prejudica os beneficios do colostro

Os benefícios do colostro à saúde das bezerras leiteiras nas primeiras horas após seu nascimento não são afetados pelo armazenamento refrigerado, de acordo com Pablo Pinedo, pesquisador de saúde de animais ruminantes do Texas A&M AgriLife Research. O colostro é o leite secretado por poucos dias após o nascimento do bezerro e é caracterizado pelo alto teor de proteínas e anticorpos. "É bem conhecido que o fornecimento adequado de colostro é o fator mais importante na determinação da saúde e sobrevivência do bezerro", disse Pinedo. "A transferência passiva de imunoglobulinas é um elemento chave; entretanto, o colostro também é uma importante fonte de nutrientes, fatores imunes não específicos e compostos biologicamente ativos". O armazenamento do colostro é uma prática comum quando a administração do colostro não é feito de forma natural ou quando a qualidade do colostro da mãe é ruim, disse Pinedo. A maioria dos estudos que analisou os efeitos do armazenamento em 39oF (3,89oC) e o congelamento na qualidade do colostro determinou a preservação adequada de imunoglobulinas, mas o efeito do armazenamento em outros fatores imunológicos não estava claro, disse ele. Pinedo se reuniu com o professor Arthur Donovan, e um grupo de estudantes da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade da Florida para determinar se existe diferença nos benefícios do colostro comparando o produto fresco com o armazenado. "O objetivo era avaliar o desempenho, a saúde e a sobrevivência dos bezerros alimentados com colostro fresco de suas mães comparado com os que receberam colostro que não eram de suas mães e tinham sido tratados com o conservante sorbato de potássio e armazenado congelado ou refrigerado", disse Pinedo. O estudo observou 489 bezerras da raça Holandesa nascidas em um único mês em fazendas leiteiras na região norte-central da Florida, disse ele. Os animais foram divididos em grupos que foram alimentados com colostro fresco, refrigerado ou congelado dentro de minutos após o nascimento. Cada bezerra foi monitorada para sobrevivência, número e duração de doenças e ganho médio de peso diário. Os resultados preliminares indicaram que a origem do colostro, fresco maternal versus armazenado, não teve efeito significante no desempenho, saúde e sobrevivência nessa população, disse ele. “Essa é uma boa notícia: o armazenamento adequado do colostro é uma ferramenta muito conveniente nas fazendas leiteiras e a ausência de efeitos desfavoráveis no colostro congelado ou refrigerado seria um resultado muito bom”, disse Pinedo. Fonte: MilkPoint

Outras Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso Rápido

INFORMAÇÕES

RODOVIA ANHANGÜERA 313KM - CAIXA POSTAL 336

RIBEIRÃO PRETO - SP - BRASIL - CEP 14001-970

55 16 3969-1159

MARANGATU@MARANGATU.COM.BR

Rodapé