Notícias

NOTÍCIAS

Exposição Estadual Agropecuária de 2014 apresenta o melhor da pecuária de Minas

30/05/2014

Exposição Estadual Agropecuária de 2014 apresenta o melhor da pecuária de Minas

A Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), o Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e o sistema da Federação da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Estado de Minas Gerais (Faemg) realizam de 3 a 8 de junho, no Parque da Gameleira, em Belo Horizonte, a 54ª. Exposição Estadual Agropecuária. Com mais de cinco décadas de realização, a exposição é um dos mais tradicionais eventos da pecuária mineira e, neste ano, vai reunir cerca de 1100 animais de 11 raças entre bovinos de corte e leite e equídeos de propriedade de criadores de Minas e de outros estados. Esses animais participarão dos julgamentos que avaliarão os exemplares que mais se aproximam do padrão ideal de cada raça entre animais jovens e adultos. Essa avaliação é importante na medida em que contribui para a valorização financeira dos animais. A agenda da exposição inclui a realização de três leilões. A Exposição Estadual Agropecuária representa um importante momento para os pecuaristas mineiros que têm, no evento, a oportunidade de apresentar o melhor do seu plantel, com animais de qualidade genética e boa produtividade em carne e leite, aliado ao bom desempenho dos equídeos no campo. É o momento de realização de bons negócios para os empresários rurais. Diversos indicadores revelam a liderança mineira na pecuária nacional, e a exposição traz para os agentes do setor e para o público em geral um retrato desse desempenho: - Minas é líder no ranking da produção nacional de leite, com 8,9 bilhões de litros em 2012, o que representa um terço do volume de produção do país. - o estado possui o segundo maior rebanho nacional de bovinos, com 24 milhões de cabeças. - liderança também no plantel de equídeos, com 785 mil animais. - Em 2013 a produção de carne bovina no estado somou 707 mil toneladas e as exportações do produto cresceram 16,3%, contabilizando US$ 431 milhões. Para o público que todos os anos visita a exposição, o evento é oportunidade para conhecer mais e vivenciar um pouco da vida rural, em contato com a diversidade do rebanho mineiro. Um bom programa para todas as idades. Para as crianças, a mini fazenda é uma atração à parte, constituindo um espaço lúdico e interativo com a presença de pequenos animais como cabras, ovelhas e pôneis. Para o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, a Exposição Estadual Agropecuária se destaca no cenário nacional pela diversidade de raças presentes e pela qualidade genética do gado que é apresentado durante o evento. Ele ressalta ainda a importância da exposição para a população, que sempre prestigia a feira, oportunidade em que pode conhecer mais sobre o meio rural, principalmente porque a capital mineira não possui outro evento similar." Já o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Merlo, reafirma a importância do investimento permanente na busca do aprimoramento genético dos rebanhos mineiros. “Os visitantes poderão constatar os resultados do esforço desenvolvido nas propriedades mineiras com esse objetivo”, enfatiza. Merlo explica que o Governo de Minas Gerais procura, por meio da exposição, estimular os pecuaristas a buscarem a melhoria genética de seus plantéis comerciais. “Para atender os produtores em áreas específicas da pecuária há os programas e ações desenvolvidos pelas instituições vinculadas à Secretaria: Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-MG) e Fundação Rural Mineira (Ruralminas)”, assinala. Entre as ações do Governo de Minas para o fortalecimento da agropecuária estadual, Merlo cita o Programa de Melhoria da Qualidade Genética do Rebanho Bovino do Estado de Minas Gerais (Pró-Genética), que vem sendo realizado há seis anos por intermédio da Secretaria da Agricultura em parceria com a Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ). “Esse programa possibilita às pequenas e médias propriedades a melhoria de seus rebanhos bovinos de carne e leite mediante a introdução, nos plantéis, de touros de genética comprovada, oferecidos em feiras e leilões coordenados pela Emater”, explica. Fonte: ruralcentro.uol.com.br Foto: sulmineiro.blogspot.com.br

Outras Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso Rápido

INFORMAÇÕES

RODOVIA ANHANGÜERA 313KM - CAIXA POSTAL 336

RIBEIRÃO PRETO - SP - BRASIL - CEP 14001-970

55 16 3969-1159

MARANGATU@MARANGATU.COM.BR

Rodapé